Esperança é a última que morre! Ganso irá completar 14 meses sem marcar gols


​A chegada de Paulo Henrique Ganso como reforço do ​Fluminense ficou marcada pela festa da torcida. Só que, ao mesmo tempo em que os tricolores deram todo carinho ao novo ídolo, também esperam que ele retome o futebol dos tempos de Brasil. Afinal, sua passagem pela Europa foi para lá de frustrante.

Já segue a gente no Instagram? ​Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

Para se ter uma ideia, nesta quarta-feira se completarão 14 meses desde a última vez que o meio-campista balançou as redes. O “feito” aconteceu no dia 6 de dezembro de 2017, quando o Sevilla, da Espanha, empatou em 1 a 1 com o Maribor, da Eslovênia, pela última rodada da fase de grupo da Liga dos Campeões da Europa 2017/2018. Dali em diante, por mais incrível que possa parecer, o atleta disputou apenas 16 partidas. E este número, por si só, deixa bem claro o quanto ele afundou no futebol do Velho Continente.

Ganso chegou ao clube espanhol em 2016 e, na primeira temporada, já ficou bem abaixo do desejado. Em 16 jogos, balançou a rede somente três vezes. Com a contratação do técnico Vincenzo Montella ao final de 2017, não foi mais utilizado e sequer relacionado para ficar no banco de reservas. Assim, restou ao jogador aceitar um empréstimo para o pequeno Amiens, cujo único objetivo era permanecer na primeira divisão francesa. Após 13 partidas, sendo seis como titular, foi novamente liberado para procurar uma outra casa. Agora que vive o maior jejum da carreira, ainda é tratado como estrela, tanto que assinou vínculo por cinco temporadas e, ao longo deste período, irá receber mais de R$ 22 milhões – afora benefícios como 13º salário e férias remuneradas. Enfim, a expectativa por sua estreia é grande. Afinal, todos querem saber qual é realmente o Ganso que está voltando ao País.

Link da notícia original: Esperança é a última que morre! Ganso irá completar 14 meses sem marcar gols

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.