Alerta geral: CTs de Vasco e Fluminense também operam sem alvará da Prefeitura


​A tragédia ocorrida no CT do Ninho do Urubu, na última sexta-feira (8), chocou e comoveu não apenas os fãs de futebol, mas todos os brasileiros. ​Com dez vítimas fatais confirmadas, o lamentável incêndio acabou, por tabela, ligando um alerta geral em clubes do Rio de Janeiro e de todo país, para que enredos como este não sejam repetidos.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Como destaca o ​Globoesporte, a Prefeitura do Rio de Janeiro confirmou que não apenas o CT do Flamengo tem problemas de documentação, mas também os Centros de Treinamento de Vasco da Gama e Fluminense. De acordo com o órgão, nem o CT do Almirante (Vargens), nem o CT Pedro Antônio (Barra da Tijuca) operam com alvará.

A Prefeitura confirma que não há nenhum pedido de licenciamento de edificações ativo por parte do Cruzmaltino – apenas uma licença de loteamento -, muito menos um alvará de funcionamento. Procurado pela reportagem, o Gigante da Colina limitou-se a dizer que não utiliza as instalações do CT do Almirante como alojamento.

A respeito do Centro de Treinamento do Tricolor Carioca, a Prefeitura confirmou que há registro de licença de obras, mas não há registro de pedido de alvará para a unidade. O clube ainda não se posicionou oficialmente, mas também não utiliza as instalações como alojamento. As categorias de base do Fluminense treinam em Xerém.

A Prefeitura do Rio de Janeiro confirmou que abrirá um processo de investigação para apurar o ocorrido no Ninho do Urubu, por considerar irresponsável o alojamento de pessoas em área sem pedido de licenciamento para dormitórios, e com mais de 30 autos de infração. No projeto protocolado pelo Flamengo, a área que os meninos rubro-negros ocupavam, teoricamente, seria para receber um estacionamento.

Link da notícia original: Alerta geral: CTs de Vasco e Fluminense também operam sem alvará da Prefeitura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.