Os maiores patrocínios dos 12 grandes clubes brasileiros


Vai chegando o fim da temporada do futebol brasileiro e, obviamente, fica a expectativa de se saber como o time do coração vai se sair no próximo ano. Se irá contratar, se irá dispensar, se terá uma equipe forte ou se lutará por coisas pequenas. E boa parte desta performance está relacionada à capacidade que os clubes possuem para investir. Por isso, é importante saber também como anda a saúde financeira de cada um deles. Ou seja, além do que acontece dentro de campo, a espera pelos balanços também é grande.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

Nos últimos tempos, se fala muito da capacidade que cada instituição possui em gerar novas receitas, sendo a questão envolvendo o patrocínio uma das mais importantes. Dentro de alguns meses, será possível saber ao certo quanto as equipes lucraram nesta “conta”, mas tomando por base os números referentes a 2017 é possível ver quem são as chamadas grandes potências do País.

Um estudo financeiro realizado pelo Itaú BBA revelou que o Palmeiras, no ano anterior, reinou de forma absoluta no quesito publicidade e patrocínio e, muito pela força da Crefisa, faturou nada menos que R$ 137 milhões, sendo 35% oriundos da financeira. Ou seja, se não ganhou nenhum troféu, ao menos ela disputa não deu chance aos rivais.

Atrás dele apareceram o campeão brasileiro Corinthians (R$ 95 milhões), Flamengo (R$ 90,4 milhões), São Paulo (R$ 69 milhões) e Grêmio (R$ 65 milhões), vencedor da Libertadores da América. Nota-se, na diferença para quem vem atrás, um hiato gigantesco. O Inter, que disputou a Série B, obteve R$ 38 milhões, sendo seguido por Atlético-MG (R$ 35 milhões), Santos (R$ 28 milhões), Cruzeiro (R$ 26,4 milhões), Vasco e Botafogo (ambos com R$ 19 milhões). Dos chamados 12 grandes, o Fluminense é o lanterninha, com apenas R$ 15 milhões. Será que o cenário se manteve em 2018? Saberemos mais adiante.

Link da notícia original: Os maiores patrocínios dos 12 grandes clubes brasileiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *