Decepcionado, Abel se diz ‘p* da vida’ mas sai orgulhoso do time: ‘São dignos’


Foram oito clássicos contra o Flamengo no ano e… nenhuma vitória. Mais uma vez, o resultado escapou nos últimos minutos e consequentemente a classificação para as semifinais da Sul-Americana. Para Abel Braga, o resultado não tem muito o que se explicar. E as críticas à postura dos jogadores não se justificam.

– Estou p* da vida. Mas meu lado tricolor está orgulhoso. Ninguém sabe como trabalhamos, não sabemos o ambiente que nós temos. Ninguém pode duvidar do caráter dos meus jogadores, adoro eles. São muito dignos e tem respeito imenso pela camisa do clube – afirma o treinador.

A frustração da eliminação, para os torcedores, caiu em cima de Romarinho. O atacante, que estava na Série D no início do ano, entrou e não teve grande atuação. Mesmo assim, Abelão defende o atacante, indicação dele, e explica por que Wellington não entrou.

– Ontem ele falou que não estava 100%. Independente disso, o Romarinho vinha treinando muito bem. Treinador faz a opção. Gostaria de ter mais opções no banco, mas na Sul-Americana só podem sete. Ele cumpriu bem o papel taticamente.

Eliminado da Sul-Americana, o Fluminense agora foca no Brasileirão. São mais sete rodadas até o fim da competição e o clube está neste momento a quatro pontos da zona de rebaixamento.

Link da notícia original: Decepcionado, Abel se diz ‘p* da vida’ mas sai orgulhoso do time: ‘São dignos’