Justiça penhora recursos do Flu para quitação de dívidas com ex-jogador


Suando para pagar salários atrasados de seus funcionários, ​o Fluminense segue seu calvário financeiro na atual temporada. Quando a maré de notícias ruins parecia ter acalmado, outra “novidade” desagradável pintou nas Laranjeiras, desta vez referente à débitos antigos com um determinado ex-jogador do clube.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​De acordo com o ​Globoesporte, o Fluminense não quitou os R$ 6,1 milhões acordados junto ao goleiro Diego Cavalieri, que teve seu contrato rescindido ao final da temporada de 2017. Deste montante, apenas R$ 3,4 milhões foram pagos ao jogador, restando R$ 3,8 milhões a serem regularizados (valor reajustado e corrigido). 

Neste cenário de atraso na quitação da rescisão, a Justiça do Trabalho, em despacho feito pela juíza Eleticia Marinho Mendes, determinou a penhora de recursos do Fluminense para pagamento ao ex-jogador tricolor. Ao longo do último mês, as contas do clube foram bloqueadas em cinco oportunidades, com apenas R$ 28 mil sendo resgatados e pagos à Diego Cavalieri.

Uma vez que o valor penhorado passa longe de cobrir a dívida restante, novos recursos ainda devem ser bloqueados. Em agosto, o clube pediu nova audiência para rediscutir o acordo, mas teve sua solicitação negada pela Justiça trabalhista. O goleiro ainda cobra o pagamento antecipado das cinco parcelas restantes (R$ 146 mil cada), o saldo devido do FGTS, que beira os R$ 73 mil e multa de 30%

Link da notícia original: Justiça penhora recursos do Flu para quitação de dívidas com ex-jogador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *