Gaciba fala sobre erros da arbitragem no domingo e dá forte conselho à CBF


​Uma rodada, três lances e três reclamações. O domingo de Campeonato Brasileiro foi repleto de reclamações contra a arbitragem. ​Palmeiras, ​Vitória e ​Atlético-PR se sentiram prejudicados nos duelos, respectivamente, contra Cruzeiro, Inter e Santos, e abriram a boca. Pois um dos comentaristas mais conceituados da mídia brasileira se colocou ao lado deles, afinal, foram erros gritantes.

De torcedor para torcedor: ​clique aqui e siga o 90min no Instagram!

Segundo Leonardo Gaciba, nenhum dos pênaltis marcados aconteceu. Pois o profissional da Rede Globo deixou um alerta para a comissão de arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol. “São muitos erros para uma rodada só. É um momento tenso do campeonato, é a hora de os árbitros entrarem mais tranquilos e concentrados no jogo, sabendo que, mesmo sendo uma partida de pontos corridos, terão jogadas apertadas e difíceis. É atenção total. Se eu fosse da comissão de arbitragem, não abriria mão dos árbitros mais experientes. Não é hora de colocar jovens, não é hora de fazer testes”, disse ele, ao ​Globoesporte.com.

No jogo entre Palmeiras e Cruzeiro, Gustavo Gómez colocou a mão na bola nitidamente fora da área, mas Dewson Feitas da Silva, do Pará, assinalou pênalti. “Foi uma jogada rápida, mas vista em velocidade normal já dá para ver que o contato foi fora da área. Aquela linha claramente é responsabilidade do assistente número um. Ele deveria ter indicado ao árbitro a posição”, destacou Gaciba. Já no Beira-Rio, foi a vez de Savio Pereira Sampaio, do Distrito Federal, apontar a “marca da cal” depois que Lucas Fernandes, posicionado na barreira para a cobrança de uma falta, interceptou a bola com a mão, mas também fora da área – inicialmente, estava dentro, mas se adiantou na hora da batida. “O árbitro, em momento algum, poderia ter perdido a concentração, ficar olhando para dentro da área. Tanto que ele não marca o toque, é chamada a sua atenção. Foram na sorte e acabaram errando feio. O certo era marcar a falta fora da área”, alertou.

Por fim, mas não menos polêmico, o pênalti a favor do Peixe também gerou discussão. Caio Max Augusto Vieira, do Rio Grande do Sul, viu falta de Rony em Dodô aos 48 minutos do segundo tempo. Será? “O equívoco do árbitro foi achar que houve carga e não conseguir perceber que há um movimento dos dois jogadores em direção à bola. Foi um contato de jogo, completamente natural. Não houve nada”, concluiu Gaciba. E assim segue o Brasileirão…

Link da notícia original: Gaciba fala sobre erros da arbitragem no domingo e dá forte conselho à CBF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *