Magno Alves destaca fase Zé Roberto e Ricardo Oliveira: “Fico orgulhoso”


Magno Alves é veterano. O atacante tem 39 anos, e em janeiro de 2016 completa 40. Quando o assunto é citar um destaque no Campeonato Brasileiro, o jogador do Fluminense não pensa duas vezes, pensa em duas pessoas: Ricardo Oliveira e Zé Roberto, atacante do Santos e lateral/meia do Palmeiras, respectivamente. Entrevistado por Barbara Coelho, no quadro “Fora da Área” do programa “Tá na Área”, o baiano comentou a fase dos companheiros experientes.

– Fico orgulhoso de ver um Zé Roberto, com 41 anos, e o Ricardo Oliveira sendo artilheiro. Para mostrar que não tem essa questão de idade, que mesmo com uma certa idade eles continuam correndo para caramba – disse.

Magno Alves espera maior sequência no Fluminense (Foto: Nelson Peres / Fluminense)

Magnata não é titular no Fluminense. O atacante entrou em algumas partidas em sequência no ano, mas ficou quase um mês sem jogar por opção da comissão técnica. Com 38 jogos na temporada e 12 gols marcados, Magno Alves , que entrou na partida contra o Santos, válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, não balança as redes desde o dia 20 de agosto, contra o Paysandu pela Copa do Brasil.

– É claro que a gente fica chateado quando não entra num jogo. Eu sei que a oportunidade via chegar e a gente tem que estar preparado. Eu sempre espero, que quando eu entrar eu vou dar o meu melhor – disse.

Por mais que seja experiente, o atacante do Fluminense ainda não vê seu futebol completo. E quando o assunto é o que ele pode melhorar em seu jogo. Magno Alves cita um ex-companheiro de time, dono de  mais de mil gols.

– Finalização pro atacante. Se você não faz gol é muito cobrado. Me espelho muito no Romário, quando eu joguei com ele em 2002. O negócio é ali na área. Quando a bola vier você tem que estar preparado para fazer o gol. É isso que eu tento fazer. Não que você não tenha que ajudar os demais, mas você tem que estar preparado para quando a bola for naquela área, você saber como concluir – disse.

Link da notícia original: Magno Alves destaca fase Zé Roberto e Ricardo Oliveira: “Fico orgulhoso”