Mattis se preocupa com linha defensiva do Flu: “Se sofrer mais um…”


Guilherme Mattis teve gol por linha de impedimento (Foto: Moysés Ferman / Fotos Flu)

A linha de defesa do Fluminense avança, tenta deixar o adversário em posição de impedimento, mas nem sempre funciona. O técnico Cristóvão Borges treina esse tipo de jogada. E o time executa em campo. Nos últimos dois jogos, porém, não saiu como previsto. Contra o Internacional, Alex aproveitou um lançamento para marcar um dos gols na vitória colorada por 2 a 1. Domingo, foi a vez de Lucca fazer o mesmo para o Criciúma no triunfo do Flu por 4 a 2 (veja os lances no vídeo abaixo). Ao menos serve de aprendizado para não repetir na quarta-feira contra o Santos.

– Eu tenho certeza que o torcedor está preocupado pelo jeito que o time se posiciona e o jeito que o Santos joga, mas o treinador tem capacidade para ver que, se tiver que fazer, ele vai fazer ou não. Tomamos gol contra o Inter e contra o Criciúma por causa da linha de impedimento. Se sofrer mais um, o negócio vai ficar pesado – avaliou o zagueiro Guilherme Mattis.

No primeiro turno, também em partida com o Internacional, Jorge Henrique fez o gol no empate por 1 a 1 saindo de trás da defesa. Mas nem sempre há falha. No último domingo, o Criciúma, buscando o ataque, foi pego seis vezes em impedimento. O Inter, uma rodada antes, pela 28º, foi pego duas vezes.

Com o alerta ligado em relação à linha de impedimento, o Fluminense volta a campo na quarta-feira, às 22h, para pegar o Santos na Vila Belmiro. Guilherme Mattis fará sua segunda partida com a camisa tricolor, ao lado de Marlon.

– Tenho muito que aprender ainda, sou mais velho que o Marlon, mas aprendo com ele. Não pode ter vaidade de aprender. Precisa ter humildade, o que faz com que a gente cresça, ainda mais em uma carreira curta como a de jogador. Quem saiu ganhando foi o Fluminense – finalizou.

Link da notícia original: Mattis se preocupa com linha defensiva do Flu: “Se sofrer mais um…”
[wp_ad_camp_1]