Tricolores ficam no empate em partida marcada por expulsão de Diego Souza


O torcedor do São Paulo que foi ao Morumbi neste domingo para ver seu time encarar o Fluminense pela 22ª rodada do Brasileirão se deparou com um roteiro ligeiramente similar ao que aconteceu com o Palmeiras contra o Cerro no meio de semana. Apesar do favoritismo evidente e de jogar em casa, o Tricolor paulista precisou repensar seu planejamento para a partida ainda no primeiro tempo, quando Diego Souza foi expulso ao proferir uma cotovelada no lateral-direito Léo. Embora não tenha pego em cheio, foi o suficiente para que o árbitro Dewson Freitas puxasse o cartão vermelho de imediato.

O duelo até então era bem equilibrado e com raras chances de gol. O time da casa sofria com a falta de criatividade (Everton e Nenê, suspensos, fizeram muita falta), enquanto os cariocas desperdiçaram grande oportunidade com Jadson. O primeiro tempo passou sem que o zero saísse do placar, o que era justo. A expulsão do camisa 9 são-paulino não se converteu em domínio do Flu. Longe disso.

Com o início da segunda etapa e a entrada de Júnior Dutra no lugar do próprio Jadson, o time de Marcelo Oliveira passou a incomodar um pouco mais. O gol, porém, não acontecia. As redes de Sidão só foram balançar com um lance pra lá de incomum: após lançamento de Sornoza para Everaldo, Anderson Martins se antecipou e cabeceou para trás. O ato “matou” o goleiro, 1 a 0 Flu aos 9 minutos do segundo tempo.

Dali em diante, o clube das Laranjeiras tentou administrar o resultado e passou a apostar nos contra-ataques. Muitos foram desperdiçados. Uma falta cobrada por Reinaldo quase igualou o marcador, mas Júlio César fez grande defesa. O lance animou os mais de 49 mil torcedores, que empurraram a equipe até empatar. E foi numa jogada despretensiosa, com louvável contribuição de Ayrton Lucas, que Régis aproveitou a bobeada para cruzar para ​Tréllez fazer o dele já na reta final do jogo: 1 a 1. Ainda teve tempo para Matheus Alessandro, sozinho, carimbar a trave, mas no fim prevaleceu a coluna do meio.

Com o resultado, o São Paulo chegou a 46 pontos e se manteve na liderança, já que o Internacional não pode ultrapassá-lo mesmo em caso de vitória sobre o Cruzeiro logo mais. Já o Flu chegou a 27 pontos e atualmente ocupa a 11ª posição.

Link da notícia original: Tricolores ficam no empate em partida marcada por expulsão de Diego Souza


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *