Jean admite fase ruim, mas prevê guinada: ‘Estávamos acomodados’


Jean foi destaque do Fluminense no último ano
(Foto: Nelson Perez / Fluminense. F.C.)

Em 2012, Diego Cavalieri, Jean e Fred sempre alternavam o posto de melhor em campo nas partidas. Firme na marcação e bem na saída de bola, chegando inclusive a dar assistências, o volante foi um dos principais jogadores do time. No entanto, nesta temporada o camisa 7 não vem se destacando como antes. Sincero, ele próprio reconheceu isso. No entanto, mostrou confiança de que com o novo posicionamento em campo e com o time retomando o caminho das vitórias, o Jean do passado vai reaparecer.

Nos últimos jogos, Luxa escalou Jean com mais  liberdade, atuando como um terceiro homem de meio-campo. Aos poucos ele vai se adaptando à nova função. O camisa 7 elogiou o posicionamento e disse que se sente confortável para arriscar chutes de longe e tentar deixar cada vez mais os companheiros na cara do gol.

– É uma realidade nova. Ano passado foi extraordinário para mim e esse não tem sido tão legal. Mas voltamos a crescer e esse bom momento da equipe empurra. O Luxemburgo tem me dado muita liberdade e aos poucos vou melhorando sem mostrar ansiedade – afirmou.

Mas a chacoalhada do treinador não é só no volante. Desde que chegou ao Flu, Luxemburgo bate na tecla de que os jogadores precisam esquecer o que foi feito no passado e mirar dias melhores para o futuro. Para Jean, este foi o grande mérito do novo comandante até o momento. Ele reconheceu que uma chacoalhada se fazia necessária para o grupo voltar a vencer.

Nossa atitude mudou. Nossa mentalidade mudou. Estávamos todos acomodados, vivendo do que já passou… Precisávamos do choque para acordar e o Luxemburgo conversou muito conosco sobre isso”

Jean

– Nossa atitude mudou. Nossa mentalidade mudou. Estávamos todos acomodados, vivendo do que já passou… Precisávamos do choque para acordar e o Luxemburgo conversou muito conosco sobre isso. Se não voltarmos a ter pegada vamos ficar novamente na história só que de maneira negativa. Então acordamos porque queremos olhar para trás e ver que o sacrifício valeu a pena – disse.

O resultado das conversas já foi notado nos últimos jogos. O Fluminense venceu Náutico e Goiás, pelo Brasileiro e pela Copa do Brasil respectivamente, por 1 a 0. Além disso, a tão contestada defesa está invicta há três jogos. Jean reconheceu que as vitórias não tiveram o brilho do passado, mas garantiu que neste momento isso não é o mais importane.

– Claro que ganhar jogando bem é melhor, mas precisamos é retomar a nossa confiança. E a vitória traz isso, mesmo que seja por 1 a 0. Precisamos disso para nos reerguer, arrancar e brigar lá em cima da tabela que é onde o Fluminense tem condições – finalizou.

O Fluminense volta a entrar em campo no próximo domingo, diante do São Paulo, às 16h (de Brasília), no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.

Link da notícia original: Jean admite fase ruim, mas prevê guinada: ‘Estávamos acomodados’