Comemoração gera brincadeiras com Walter: “Me chamaram de louco”


Walter se diz “em paz” (Foto: Sofia Miranda)

“Deitou e rolou”. Talvez tenha sido a expressão mais falada no Fluminense após a contundente vitória por 5 a 2 sobre o São Paulo, na noite de quarta-feira, no Maracanã. Walter fez a festa da torcida ao balançar as redes e comemorar desta forma. Na tarde desta quinta-feira, ele realizou atividades na academia junto aos jogadores que iniciaram o confronto tricolor. Depois foi ao campo, bateu um papo com os companheiros, deu risadas e mostrou-se bastante descontraído.

– Sem dúvida é uma sensação de dever cumprido. Eu nem consegui dormir direito. Fiquei com a adrenalina muito alta depois do jogo. Mas o mais importante foi a vitória. A comemoração já vinha na minha cabeça faz tempo. A torcida merecia muito isso, por tudo o que ela fez comigo, me apoiou. É um carinho muito grande. Os jogadores deram muita risada, me chamaram de louco. Falaram: “você é doido, Waltinho” (risos). Foi um momento importante, acho que o mais importante no Fluminense até agora – disse o atacante ao GloboEsporte.com.

Estou em paz. Sempre digo que o dia em que eu não estiver feliz, eu saio”

Walter, candidato a ídolo dos tricolores

Walter afirma já ter esquecido o episódio em que ficou irritado após não ser utilizado por Cristóvão Borges na vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras, em São Paulo, na segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Ele diz estar em paz no Fluminense, com a consciência tranquila e credita a postura firme do time dentro de campo às palavras do treinador.

 – Quando eu falei aquilo, que eu queria jogar, foi apenas um momento. Passou, o professor conversou comigo, e ficou tudo certo. Ele sabe falar. Ontem (quarta-feira), nem precisou mexer no time para o segundo tempo, só conversou com a gente. Eu sempre estive feliz no Fluminense. Estou em paz. Sempre digo que o dia em que eu não estiver feliz, eu saio. Agora estou marcando gol no Brasileiro, ainda não tinha feito, e tinha muita gente cobrando. O importante é continuarmos nesse caminho.

A vitória deixou o Fluminense na terceira colocação, com 12 pontos, um a menos do que têm o líder e o vice-líder, Cruzeiro e Grêmio. No sábado, o Tricolor enfrenta o Bahia, na Arena Barueri. A partida será realizada às 18h30min (de Brasília).

*Sofia Miranda, estagiária, sob a supervisão de Fred Gomes

Link da notícia original: Comemoração gera brincadeiras com Walter: “Me chamaram de louco”
[wp_ad_camp_1]