Teve golpe de MMA, “tackle” e até tropeço. Vote no garrancho da rodada!

Os garranchos sempre são a parte ruim do futebol, ao menos para a torcida que vê o jogador da sua equipe cometer um erro. Para os adversários, a risada define este aspecto. Pelo aspecto de humor dos lances, o “É Gol!!!” abre votação com cinco lances patéticos do meio de semana, que, apesar disso, teve partidas muito boas. Teve bola na arquibancada, lance de MMA, jogada de futebol americano e tropeço…um show de horrores. Os candidatos da vez são Rodrigo Caio (São Paulo); Uendel (Internacional); Alex Ruan (Joinville); Wellington Silva (Fluminense) e Tony (Goiás).

> Clique e escolha o pior lance da rodada

Rodrigo Caio deu um “tackle” em De Arrascaeta (Foto: Washington Alves)

Quem abre a enquete com os lances bizarros é Rodrigo Caio, do São Paulo. Depois da polêmica envolvendo o caso de fair play no clássico contra o Corinthians, ele está novamente nos holofotes, mas dessa vez por um erro. O zagueiro tentou cabecear bola para longe, errou tudo e ainda deu um “tackle” em Arrascaeta, do Cruzeiro, no melhor estilo futebol americano. A partida entre as duas equipes terminou em 2 a 1 para o Tricolor Paulista.

Em seguida, aparece Uendel, do Internacional. Ao enfrentar o Corinthians, seu ex-clube, o lateral-esquerdo recebeu boa bola, tentou cruzar, mas mandou na arquibancada. Lance horroroso, que foi apagado pela classificação do Colorado. Alex Ruan, do Joinville, foi outro que protagonizou lance bizarro: na partida entre Joinville e Sport, que terminou com vitória do Leão nos pênaltis, o atacante da equipe catarinense saiu na cara de Magrão e tropeçou sozinho, facilitando a defesa do goleiro.

Por fim, dois lances na partida entre Fluminense e Goiás, que terminou em 3 a 0 para o Tricolor Carioca, terminaram muito mal: um na bola, outro sem ela. Primeiro, Wellington Silva, atacante do Fluminense, recebeu lindo passe de Henrique e saiu cara a cara com o goleiro, mas mandou muito para cima. No segundo tempo, já em desvantagem, o lateral Tony, do Goiás, perdeu a cabeça. Em jogada com o próprio Wellington Silva, o jogador do Goiás empurra o atacante do Flu e, em seguida, dá um chute para derrubá-lo. Resultado: expulsão direta em um verdadeiro golpe de MMA.

Link da notícia original: Teve golpe de MMA, “tackle” e até tropeço. Vote no garrancho da rodada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *