Ficha Técnica: Goiás 2 x 1 Fluminense (13/04/2017)

Foto: Twitter.

13/04/2017 – Goiás 2 x 1 Fluminense – Serra Dourada (Goiânia)
Motivo: Copa do Brasil 2017, 4ª fase, jogo de ida.
Público: 16.190 presentes (15.005 pagantes).
Renda: R$ 194.220,00.
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP).
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP).
Goiás: Marcelo Rangel; Hélder (Michael), Fábio Sanches, Everton Sena e Jefferson (Aylon); Victor Bolt (Jean Carlos), Patrick, Léo Sena e Tiago Luís; Carlos Eduardo e Léo Gamalho. Técnico: Sílvio Criciúma.
Fluminense: Diego Cavalieri; Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo Pelé; Jefferson Orejuela, Wendel e Júnior Sornoza (Júlio César); Wellington Silva, Henrique Dourado (Pedro) e Marcos Júnior (Marquinhos Calazans). Técnico: Abel Braga.
Gols:
0-1: Marcos Júnior, aos 9 do 1º tempo;
1-1: Jean Carlos, aos 38 do 2º tempo;
2-1: Léo Gamalho, de pênalti, aos 42 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Hélder, Patrick, Carlos Eduardo, Michael e Victor Bolt (Goiás); Pedro, Renato Chaves, Henrique e Lucas (Fluminense).
Cartões vermelhos: Diego Cavalieri (Fluminense), aos 40 do 1º tempo; Carlos Eduardo (Goiás), aos 46 do 2º tempo.
****
Mais uma vez, o Fluminense foi escandalosamente prejudicado pela arbitragem. A expulsão do goleiro Diego Cavalieri, ainda no primeiro tempo, foi equivocada, porque o atacante Carlos Eduardo não corria em direção ao gol, condição necessária para o cartão vermelho. Antes ainda na partida, Hélder havia cometido falta violentíssima em Wendel, sendo punido apenas com o cartão amarelo.

Para coroar a “excelente” atuação, nos minutos finais o árbitro paulista Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza assinalou pênalti inexistente para o Goiás, em lance de simulação clara do atacante Aylon. A cobrança foi convertida por Léo Gamalho, decretando a virada do Goiás. Em resumo: a partir da expulsão de Diego Cavalieri, o Fluminense jogou com 10 homens, contra 14…

****

O gol do atacante Marcos Júnior foi o 24º dele em 162 jogos pelo Fluminense (vale ressalvar que, em mais da metade desses jogos, ele entrou no decorrer do 2º tempo).

****

Esta foi a primeira expulsão do goleiro Diego Cavalieri em 327 partidas defendendo a meta do Fluminense.

****

O Fluminense já conquistou a Copa do Brasil uma vez, no ano de 2007. Até hoje, o Tricolor disputou 132 jogos pela competição nacional, com 68 vitórias, 36 empates e 28 derrotas, 239 gols-pró e 149 gols-contra. Para conferir as campanhas detalhadas do Tricolor na competição, vide meu post História – Fluminense na Copa do Brasil.

****

Este foi o 56º duelo entre Fluminense e Goiás, com 24 vitórias do Fluminense, 15 empates e 17 vitórias do Goiás, 82 gols tricolores e 80 gols esmeraldinos. A lista de resultados pode ser conferida no meu post História – Fluminense x Goiás.

****

A partida de volta do confronto acontece nesta quinta-feira 19, às 21:45, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. O Fluminense se classificará com vitória por 1 a 0, ou por 2 ou mais gols de diferença. Caso o Tricolor vença por 2 a 1, a vaga nas oitavas-de-final da Copa do Brasil será decidida em definição por pênaltis.

PCFilho

Link da notícia original: Ficha Técnica: Goiás 2 x 1 Fluminense (13/04/2017)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *