Abel Braga reclama de gramado e critica CBF: “Hora de dar um basta”

Apesar da vitória sobre o Sinop e da classificação do Fluminense para a terceira fase da Copa do Brasil, o técnico Abel Braga não ficou satisfeito com o que viu na noite desta quarta-feira, no Mato Grosso.

Na entrevista coletiva após o duelo, vencido por 3 a 1 pelos cariocas, o treinador criticou a CBF por liberar um gramado sem condições de receber um bom espetáculo. Ele disse que decidiu protestar, mesmo tendo vencido o jogo.

“A participação na Copa do Brasil é definida em maio do ano anterior, quando terminam os estaduais. Será que a CBF não tem alguém para mandar aqui ver a condição do campo e dos refletores?”, perguntou Abel.

O comandante dos cariocas fez questão de elogiar a cidade que recebeu muito bem sua equipe, mas disse que a entidade que rege o futebol nacional só pensa em política. Braga lamentou a situação do futebol brasileiro, relembrando as polêmicas no próprio Rio de Janeiro, com as dificuldades para a definição de locais para clássicos.

“É só ver a confusão no Rio por conta de estádio. Está na hora de dar um basta”, bradou o experiente comandante do Flu. Vale lembrar que, nesta quarta, foi definido que o estádio Nilton Santos receberá a final da Taça Guanabara, entre Flamengo e Fluminense.

Com a classificação à terceira fase garantida, o Tricolor das Laranjeiras já conhece seu adversário na próxima etapa da competição nacional. Trata-se do Criciúma, que eliminou o Altos-PI.



Link da notícia original: Abel Braga reclama de gramado e critica CBF: “Hora de dar um basta”