De olho em uma vaga no time titular, Souza garante: ‘Nunca desanimei’


Souza foi um dos poucos jogadores do Fluminense que se salvaram na derrota por 2 a 0 para o Flamengo no último fim de semana pela terceira rodada do Grupo B da Taça Rio. Voltando a jogar em sua posição de origem no meio-campo, o apoiador criou boas jogadas e só não balançou as redes porque o goleiro rubro-negro Paulo Victor estava inspirado. Mais confiante na briga por uma vaga de titular, o camisa 21 garante que nunca abaixou a cabeça diante das dificuldade. E avisa que está sempre à disposição do técnico Abel Braga.

Souza sonha com vaga entre os titulares do Fluminense (Foto: Dhavid Normando / Photocamera)

– Trocaria minha boa atuação pela vitória, mas fiquei feliz pelo meu desempenho. Todos precisam estar preparados para não serem surpreendidos quando a oportunidade aparecer. Até fui pego de surpresa por voltar a jogar na minha posição. Fui improvisado na lateral em alguns jogos, fiquei fora de relações e nunca desanimei. Tive a chance agora de complicar um pouco mais a cabeça do Abel. Quero mostrar que tenho condições de estar nesse grupo – lembrou Souza, elogiando ainda os concorrentes na posição.

– Para ir bem é preciso uma sequência. Mas em um grupo como o nosso é complicado até para o treinador. Tem Thiago Neves, Wagner, Deco, Lanzini… Infelizmente só jogam 11. Às vezes você fica fora pela qualidade dos outros jogadores. Sigo trabalhando e esperando as oportunidades. Estava precisando de uma atuação como essa para ganhar mais confiança.

A atuação também ajudou Souza a recuperar o crédito com os tricolores. Tranquilo, o jogador garante que respeita os companheiros e nunca criou problema por estar na reserva.

Ganhar a confiança dos torcedores era o que eu mais queria. Já joguei de lateral em 2012 e se precisar jogo de novo. Não sou de me esconder. Sou um cara de grupo. Não adianta ser um grande jogador e ficar arrumando problema. Trabalho e respeito meus companheiros. Do mais velho ao mais novo”.

Souza

– Ganhar a confiança dos torcedores era o que eu mais queria. Já joguei de lateral em 2012 e se precisar jogo de novo. Não sou de me esconder. Sou um cara de grupo. Não adianta ser um grande jogador e ficar arrumando problema. Trabalho e respeito meus companheiros. Do mais velho ao mais novo – afirmou.

Experiente em sua oitava participação na Libertadores, Souza espera ser relacionado para a partida desta quarta-feira, contra o Zamora, da Venezuela, no Engenhão, pelo Grupo 4 da Libertadores. A vaga de Thiago Neves, vetado com estiramento na coxa direita, deve ficar com Rafael Sobis, mas o apoiador acredita que pode ser uma boa opção para Abel. E, depois da derrota para o Flamengo, lembra que a cota de erros tricolores acabou.

– A vitória é fundamental para nossas pretesões na competição. Com todo o respeito ao Flamengo, perdemos para nós mesmos no domingo. Buscamos o gol a todo momento e eles atacaram duas vezes e fizeram dois gols em infelicidades nossas. Abel já deu um puxão de orelhas no grupo. Não dá para dominar o jogo inteiro e perder.

Link original: De olho em uma vaga no time titular, Souza garante: ‘Nunca desanimei’