Na Justiça, Flu bloqueia R$ 5 milhões da venda de Diego Souza


​O Fluminense quer conseguir, via judicial, 50% do valor da venda de Diego Souza. O jogador foi negociado no começo do ano pelo Sport, em uma transação que custou ao São Paulo cerca de R$ 10 milhões. As informações são do ​globoesporte.com.

Contratualmente, o Flu teria sim direito aos R$ 5 milhões, visto que tinha metade dos direitos econômicos do jogador. O Leão, todavia, argumenta que foi autorizado a negociar o atleta com um repasse de apenas R$ 1 milhão ao tricolor carioca. A alegação é baseada em uma troca de emails entre o empresário Eduardo Uram e Marcelo Teixeira, diretor da base do Flu. 

Por conta do imbróglio, a juíza Fernanda Galliza determinou que o São Paulo deposite o valor em juízo. Os R$ 5 milhões devem ficar sem dono até que se chegue a uma decisão final:

– Desta forma, a fim de evitar enriquecimento sem causa, considerando-se que o depósito em juízo em nada prejudicará as partes, DEFIRO a tutela de urgência para determinar que o pagamento a ser efetuado pelo São Paulo ao Sport do Recife, conforme previsto na cláusula 2.1, alíneas “b e “c”, de fls. 108, seja depositado em juízo, até a decisão final deste feito, sob pena de multa a ser arbitrada em caso de descumprimento. Após, decidirei quanto a suposto valor incontroverso – escreveu a magistrada.


>>> Veja também: Nenê dá razão à torcida após nova derrota do São Paulo pelo Paulistão

Link da notícia original: Na Justiça, Flu bloqueia R$ 5 milhões da venda de Diego Souza