Com elenco ainda mais jovem, Fluminense repete ‘erro’ de 2017


Em 2017, o Fluminense iniciou a temporada à mil por hora. Mesclando jovens e veteranos, a fórmula adotada pelo Tricolor parecia que daria bons frutos. Todavia, uma queda vertiginosa de desempenho assolou a equipe, implicando em uma reta final de ano repleta de dificuldades.

A grande oscilação foi atribuída, principalmente, pela juventude do elenco. A inserção das ‘joias de Xerém’ no elenco principal precisaria ser gradual, sem a responsabilidade de protagonismo.

Todavia, passando por graves problemas financeiros, o clube precisou dispensar jogadores com altos salários – Henrique, Dourado, Cavalieri -, culminando em uma necessidade ainda mais urgente de preencher o elenco com garotos. Ibañez, zagueiro de 19 anos, é um dos exemplos de transição rápida: dos primeiros testes na pré-temporada à titularidade no Carioca.

Como destaca o ​UOL Esportes, o Tricolor das Laranjeiras confirmou a contratação de seis nomes, até o momento: De Amores e Rodolfo (goleiros); Léo e Gilberto (laterais); Airton e Jadson (volantes).

​​

Link da notícia original: Com elenco ainda mais jovem, Fluminense repete ‘erro’ de 2017