Vai ser no cansaço! Flu segue à risca estratégia traçada para ter Nenê


​A operação não é simples. Mas a dificuldade é proporcional à esperança. Apesar da postura cautelosa, o ​Fluminense mantém a ideia de contar com o meia Nenê como grande condutor de seu meio-campo para 2019. Para isso, aposta na vontade do jogador em mudar de ares. Porém, só tomará a dianteira das negociações no momento em que o próprio atleta e seu estafe se acertarem com o ​São Paulo.

De torcedor para torcedor: ​clique aqui e siga o 90min no Instagram!

A ideia é que o próprio profissional consiga convencer o Tricolor paulista de que a liberação é o melhor caminho a seguir. A partir disso, o Flu terá que negociar com os dirigentes do Morumbi a forma como se daria a transação. Por conta da crise financeira, o clube não tem condições de arcar com todo o salário do jogador. Assim, a ideia seria repassar a ele o teto de R$ 150 mil mensais e fazer com que o São Paulo ficasse responsável pelo restante da quantia.

No momento, o Fluminense se mantém quase que alheio ao processo, deixando que, naturalmente, o rival se dê conta que continuar com Nenê em seu elenco não é o melhor caminho a seguir. Ainda mais depois das chegadas de Hernanes e Pablo, a tendência é de que o camisa 10 inicie as disputas como opção no banco de reservas, o que reforçaria ainda mais o seu descontentamento.

O meia foi o atleta são-paulino que mais entrou em campo em 2018, com 55 aparições. Ainda foi vice-artilheiro do time, com 12 gols, e líder em assistências, com 7 passes precisos aos companheiros. No meio do ano, ainda recebeu aumento salário após recusar proposta do futebol do Oriente Médio. No entanto, terminou a temporada em baixa, sendo vaiado pela torcida após perder um pênalti diante do Sport. Além disso, entrou em rota de colisão com o então técnico Diego Aguirre por ficar, em determinado momento, fora da equipe titular. O Fluminense sabe que o atleta vê com bons olhos um retorno ao Rio de Janeiro – teve longa passagem pelo Vasco -, mas também tem a convicção de que a pressa pode atrapalhar o negócio.

Link da notícia original: Vai ser no cansaço! Flu segue à risca estratégia traçada para ter Nenê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.