Com saída de Júlio Cesar, Fluminense tem briga pela titularidade no gol


O elenco do Fluminense para a próxima temporada começou a tomar forma com a ​chegada de reforços. Mas a saída de alguns jogadores geram dúvidas para o técnico Fernando Diniz. A principal dela até o momento é quem vai assumir o gol, depois da ida de Júlio César para o Grêmio

​+ Em grave crise financeira, Fluminense adota teto salarial e sofre no mercado

Segundo o ​Lance!, a tendência é que Rodolfo inicie o ano como titular. Apesar de ainda não ter tido uma sequência no profissional, tem mais tempo de casa e já teve uma boa atuação – ao pegar um pênalti contra o Botafogo no Brasileirão. O goleiro já foi elogiado pelo treinador, mas não foi bem no final do ano passado, quando o clube jogou com time misto. 

Agenor, que tem acerto encaminhado com o clube após deixar o Guarani, depende da aprovação nos exames médicos para ser anunciado. O jogador também recebeu elogios do técnico e já havia sido pedido por Abel Braga após boa passagem pelo Sport. 

Correndo por fora, tem Marcos Felipe que aguarda oportunidade após duas temporadas nos profissionais. Com 22 anos, era tido como uma das maiores promessas das categorias de base do Fluminense com relação a goleiros, mas não conseguiu emplacar sequência. Pelo contrário: tem mais gols sofridos que jogos disputados. 

Link da notícia original: Com saída de Júlio Cesar, Fluminense tem briga pela titularidade no gol


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.