Category Archives: Notícias de Parceiros

Bonitinho mas ordinário – Parte 3: Se cada um soubesse o que o outro faz dentro de quatro paredes, ninguém se cumprimentava

Essa parte talvez seja a mais chocante de todas. Em determinado momento de 2018, nosso agora ex-Vice-Presidente de Finanças disponibilizou para conselheiros, um relatório analítico contábil do exercício de 2017 até o mês de novembro. Notem que

Bonitinho mas ordinário – Parte 2: O povo é um débil mental. Digo isso sem nenhuma crueldade. Foi sempre assim e assim será, eternamente

Nessa parte trataremos de três ajustes que não foram feitos. Um deles constitui uma imundície do sistema, que age aparentemente em conluio na defesa de gestões temerárias. Vamos começar pela venda do atleta Gerson. Vejam o que

Bonitinho mas ordinário – Parte 1: Falta ao virtuoso a feérica, a irisada, a multicolorida variedade do vigarista

Vamos começar nossa saga analisando os ajustes nas contas de 2016: Figura 1 (balanço financeiro do Fluminense, publicado em 15/05/2018).(Para ler melhor, clique sobre a figura.) Figura 2 (balanço financeiro do Fluminense, publicado em 15/05/2018).(Para ler melhor, clique

Bonitinho mas ordinário – Introdução: Amar é ser fiel a quem nos trai

Por mais força que eu faça para me afastar do lado negro do Fluminense, eu sempre acabo pressionado a voltar. Para quem estava com saudade das sagas do ex-blog, teremos um breve retorno nesses dias, hospedado no

História – Fluminense x Times Ingleses

Fluminense e Arsenal se enfrentaram no Rio de Janeiro, em 15 de maio de 1949.Na foto, George Swindin (Arsenal), o árbitro Cyril John Barrick e Índio (Fluminense).Este jogo quebrou o recorde de renda do futebol sul-americano (Cr$

História – Fluminense x Times Bolivianos

O Fluminense enfrentou equipes bolivianas três vezes numa excursão ao país em 1950 (as três partidas no Estádio Hernando Siles, em La Paz). Em 2018, o Tricolor duela com o Nacional de Potosí na primeira fase da

História – Fluminense x Times Argentinos

O retrospecto geral do Fluminense contra equipes argentinas tem 36 jogos, com 13 vitórias, 9 empates e 14 derrotas: 11/07/1937 – Fluminense 3 x 0 Combinado Becar-Varella/ARG – Laranjeiras (Rio de Janeiro) 01/02/1941 – Independiente/ARG 4 x

História – Fluminense x Rio Branco

Fluminense Football Club e Rio Branco Atlético Clube já se enfrentaram 22 vezes, com 14 vitórias tricolores, 4 empates e 4 vitórias capixabas. Ao todo, o Fluminense assinalou 54 gols, contra 25 do Rio Branco. Confira a

História – Fluminense x Times Mexicanos

Contra equipes mexicanas, o Fluminense já jogou 11 vezes, com 4 vitórias, 1 empate e 6 derrotas, 17 gols-pró e 20 gols-contra: 14/01/1960 – América/MEX 1 x 0 Fluminense – Olímpico Universitário (Cidade do México) 21/01/1960 –

09/09/1979 – Caldense 1 x 1 Fluminense

Nesta quarta-feira 31, Caldense e Fluminense jogarão no Estádio Municipal Doutor Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas, pela primeira fase da Copa do Brasil. Os dois clubes se enfrentaram uma única vez até hoje, em um amistoso

Ficha Técnica: Fluminense 1 x 1 PSV Eindhoven [PK 4 x 5]

Imagem: Twitter oficial do Fluminense. 12/01/2018 – Fluminense 1 x 1 PSV Eindhoven [PK 4 x 5] – Spectrum Stadium (Orlando, EUA) Motivo: Florida Cup 2018. Árbitro: Esteban Rosano (EUA). Auxiliares: Jonathan Quinter (EUA) e Madzid Coric (EUA).

Fluminense Samba Clube (Samba Tricolor)

Um samba que, em breve, ecoará nas arquibancadas Brasil afora! Parabéns a todos os envolvidos, em especial meu amigo Luiz Carlos Máximo, um dos compositores, junto com Pablo Amaral (Gamarra), Léo Peres, Gabriel Machado e Flavinho Bento!

11/12/1941 – Combinado Fluminense-Botafogo 5 x 4 Seleção Gaúcha

A linha de ataque do Combinado Fluminense-Botafogo, com camisas do Botafogo.Da esquerda para a direita: Rongo, Heleno de Freitas, Russo, Romeu Pellicciari e Hércules.Foto rara, pois, à exceção de Heleno, eram todos atletas do Fluminense. Conta a

Ficha Técnica: Atlético Goianiense 1 x 1 Fluminense

Foto: Carlos Costa (FuturaPress). 03/12/2017 – Atlético Goianiense 1 x 1 Fluminense – Pedro Ludovico (Goiânia) Motivo: Campeonato Brasileiro 2017, 38ª e última rodada. Público: 2.966 presentes (1.844 pagantes). Renda: R$ 23.140,00. Árbitro: Anderson Daronco (RS e FIFA). Auxiliares: Rafael