Scarpa fala sobre investida árabe e revela se torcerá por queda do Fluminense


Os ótimos jogos de Gustavo Scarpa com a camisa do ​Fluminense em 2017 o colocaram no radar do futebol brasileiro. Após muita luta e meses de imbróglio judicial para conseguir se desligar do clube carioca, o destino do meia foi o Palmeiras, ​onde sagrou-se campeão brasileiro mas ainda batalha por posição pela alta concorrência no setor.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Em longa entrevista concedida ao ​UOL Esportes, Scarpa falou sobre variados assuntos: a frustração por não poder jogar em grande parte da temporada, a gratidão ao Palmeiras por ter investido em seu futebol e o grande ressentimento ainda nutrido pelo Fluminense. Perguntado sobre uma investida do Mundo Árabe por ele no meio do ano, o meia confirmou ter recebido proposta, mas revelou o motivo para não ter sequer cogitado a transferência.

Realmente teve o negócio da Arábia e mais um desses clubes que não me recordo. Mas, cara, o Palmeiras já tinha me ajudado demais. Independentemente de o contrato não ter mais validade por um tempo, a palavra que eu dei vale muito mais do que a assinatura. O Palmeiras, mesmo sem precisar, honrou alguns compromissos comigo. O time me ajudou, então não tinha como não voltar ao Palmeiras”, afirmou.

Questionado se torcerá contra o Fluminense neste domingo (2), ​quando o Tricolor Carioca enfrenta o América-MG ainda com chances de ser rebaixado, o camisa 14 revelou que a mágoa que guarda é direcionada aos dirigentes tricolores, e que não torcerá pelo insucesso dos amigos que fez dentro das Laranjeiras.

“Sobre ressentimento… Eu tenho que seguir a minha vida. Claro que marcou bastante. Não tem como torcer contra o time por conta dos amigos, de pessoas que trabalharam comigo. Às vezes tem uma mágoa de quem comanda. Na verdade, nem sei se é mágoa, porque você tem mágoa quando espera alguma coisa boa de alguém. Mas nunca esperei nada de bom deles”, concluiu.

Link da notícia original: Scarpa fala sobre investida árabe e revela se torcerá por queda do Fluminense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *