Apesar de vitória, sina volta a se repetir no Fluminense


​Foi com um sentimento de alívio que o Fluminense deixou o estádio Nilton Santos após derrotar o Botafogo de virada por 2 a 1. A vitória deixou o Tricolor com 42 pontos e, portanto, ainda mais afastado do risco do rebaixamento. Ainda assim, mesmo com a euforia pelo grande resultado obtido diante de um rival melhor classificado, uma “sina” voltou a acontecer e tem incomodado.

Além do duelo com o Alvinegro, o Flu levou gols de Chapecoense (derrota por 2 a 0) e Bahia (empate em 1 a 1) no início do jogo, dificultando o desempenho da equipe. Diante dos baianos, foi aos 2 minutos, e com a Chape, aos 3 minutos. Já neste sábado o gol sofrido foi aos 52 segundos de partida. Três jogos consecutivos do Brasileirão, que já deixam o time em alerta:

“É incrível. Já estamos tomando gol em alguns jogos no início e temos de correr atrás do resultado. Agora, é correr atrás de novo”, observou Henrique ainda no intervalo do clássico.

Depois do apito final, o técnico Abel Braga fez a mesma observação e ressaltou o espírito do time ao reverter o marcador desfavorável:

Levamos o primeiro gol no início, assim como contra Chapecoense e Bahia. Mas conseguimos força mental para conseguir a virada“, resumiu o comandante.

Link da notícia original: Apesar de vitória, sina volta a se repetir no Fluminense