“Anjo” de Marcos Jr, Luis Fernando elogia o atacante por reviravolta


Por mais de uma vez, o atacante Marcos Junior já falou publicamente sobre um “anjo” que foi o responsável pela reviravolta que teve no Fluminense. Se durante muito tempo vibrava quando era relacionado para os jogos – mesmo assim, raramente recebia chance de entrar nos jogos -, com a chegada do técnico Enderson Moreira, um novo capítulo passou a ser escrito. E passa diretamente pelo auxiliar do treinador tricolor, Luis Fernando Flores.

Luis Fernando chegou ao Fluminense junto com o técnico Enderson Moreira, em maio deste ano

Ex-jogador de Internacional e Cruzeiro, Luis Fernando trabalhou durante algum tempo nas categorias de base do clube mineiro. Em 2010, o Fluminense foi disputar uma competição em Belo Horizonte e derrotou a Raposa na decisão por 1 a 0, gol de Marcos Junior. O técnico do adversário tricolor era justamente o atual auxiliar de Enderson. Ao se reencontrarem, cinco anos mais tarde, Luis Fernando conversou com o atacante. Queria ver aquele garoto que desequilibrou na final brilhando no profissional. Pouco mais de dois meses e meio após chegar ao Flu, o auxiliar é só elogios ao camisa 35, hoje titular da equipe e autor de três gols neste Campeonato Brasileiro.

– Isso tudo que o Marcos Junior está passando se deve à conscientização dele. Por eu ter trabalhado na base por um tempo, já o conhecia e sabia do potencial. Quando chegamos, fomos pegando informações. Os outros jogadores falaram muito bem dele, que era um cara bem dedicado – ressaltou Luis Fernando, lembrando, em seguida, dos primeiros treinos de Marcos Junior sob o comando de Enderson Moreira.

– Teve um dia que ele não queria nem treinar. Tivemos paciência. Conversei com o Enderson para não esquentarmos a cabeça, que aos poucos as coisas iriam acontecer. E ele foi trabalhando. Teve muito mérito. Às vezes entrava cheio de vontade nos minutos finais dos treinos táticos. Nós fomos vendo isso. Marcos Junior abriu mão de muitas coisas para poder dar certo aqui. Potencial todo mundo sabia que ele tinha. Fico muito feliz não só por ele, mas por ver outros garotos ganhando espaço. Eles têm de saber que precisam trabalhar mais ainda, que está só no começo. Com certeza vão nos ajudar muito ainda.

Auxiliar em ação durante treinamento realizado na última quinta-feira, na EsEFEx, na Urca

Quando jogador, Luis Fernando Flores vestia a camisa 10. Era o típico meia de criação. Nas divisões de base, passou a trabalhar na formação de atletas. Pelo vasto conhecimento que tem nesta área, vê com bastante otimismo o trabalho que vem sendo realizado em Xerém.

– Quando se trabalha nas divisões de base, vamos sempre tentando colocar na cabeça dos garotos para darem o máximo para o dia que chegarem no profissional. Nossa função é essa, tentar ajudá-los, formar da melhor maneira possível. Então, sem dúvida alguma, a satisfação é muito grande por ver o que está acontecendo hoje no Fluminense. Não trabalhei na base com eles, mas sei da capacidade de quem estava aqui, o quanto se esforçou para fazer esses meninos darem frutos. Sei o esforço que é para conseguir isso – frisou o auxiliar técnico tricolor.

Na manhã desta sexta-feira, o elenco do Fluminense faz a última atividade da semana, nas Laranjeiras. Logo depois, o grupo segue viagem para Florianópolis, os visita o Avaí no próximo sábado, às 18h30, na Ressacada. Em terceiro lugar na tabela, com 30 pontos, o Tricolor vai em busca da sua décima vitória no Campeonato Brasileiro.

Thiago Bokel – Comunicação Institucional FFC
Fotos: Nelson Perez – Divulgação FFC

Link da notícia original: “Anjo” de Marcos Jr, Luis Fernando elogia o atacante por reviravolta