Gum comenta reencontro com time que marcou sua reviravolta no Flu


Com certeza o ano de 2016 não começou nada bem para o zagueiro Gum; atuações ruins, falhas e resultados negativos fizeram parte dos primeiros meses do atleta no Fluminense. No entanto, o zagueiro titular da equipe das Laranjeiras recuperou seu bom futebol e voltou a brilhar quando arrancou o gol de empate na última partida contra o Botafogo, o adversário do Tricolor deste domingo, pela semifinal do Campeonato Carioca.

“Futebol é muito dinâmico. O presidente tem feito um grande trabalho. O Fluminense é um clube acostumado com títulos, que sofre cobranças por conquistas. A diretoria está certa de fortalecer o grupo. Coube a mim trabalhar, sempre respeitando a todos. Lutei pelo meu espaço e torci pelos outros. Nosso time já mudou desde aquele jogo contra o Botafogo. Ainda temos muito a melhorar e sabemos disso. Temos a chance de fazer um jogo melhor e vamos procurar fazer. Queremos chegar na final”, analisou o defensor ponderando as mudanças na equipe após o último duelo contra os rivais.

Na ocasião em que Gum conseguiu balançar as redes, o Flu já estava sob o comando de Levir Culpi. O capitão do time fez questão de exaltar a evolução da equipe com o novo treinador, colocando em questão o título da Primeira Liga conquistado na última quarta-feira.

“O mais importante foi que o pessoal assimilou as mudanças que o Levir fez quando chegou. O time está se encaixando e conseguindo cumprir o que ele pede. Naturalmente, alguns jogadores cresceram de produção e o rendimento da equipe mudou. A soma de tudo isso foi a conquista do título”, colocou o jogador.

O zagueiro está relacionado entre os titulares para a partida deste domingo, ás 19h, que garante o último finalista do Campeonato Carioca.