Flu estuda usar somente anel inferior para reduzir custo em retorno ao Maracanã


​O torcedor do Fluminense que sente falta de assistir aos jogos da equipe no Maracanã está prestes a ter uma boa notícia. Segundo o ​globoesporte.com, o clube e o consórcio que administra o estádio negociam o retorno do Tricolor ao Mário Filho, que deve acontecer no dia 11 de março, na partida contra o Nova Iguaçu, pela Taça Rio.

Na última sexta-feira, um representante do consórcio esteve nas Laranjeiras para debater o tema com o clube. A intenção do Fluminense é diminuir ainda mais os custos da utilização do estádio e, para isso, a tendência é que o Tricolor mande algumas partidas somente com o anel inferior de arquibancadas aberto.

No Maracanã, além das despesas operacionais, o Fluminense paga R$ 100 mil de aluguel – valor previsto em contrato. Para ​utilizar o Nilton Santos, local em que o clube mandou o jogo da última quinta-feira, contra o Avaí, o Tricolor gastou um total de R$ 466 mil (R$ 180 mil somente na locação do Engenhão).

O Maracanã não foi utilizado durante o mês de fevereiro para partidas de futebol, mas recebeu três grandes eventos. Por isso, na última semana, o estádio passou a receber a troca de gramado e o prazo é de que ele esteja pronto até o dia 10 de março.

Link da notícia original: Flu estuda usar somente anel inferior para reduzir custo em retorno ao Maracanã